J. Worrell

J. is 21 years old. He is the Lead Singer of Bultaoreune. J. is also known as "Akasha". J. is located in Warsaw at Dope | WAR.

J. likes to rest during off hours and is trying to talk to media in order to get ahead professionally.

People's Popchoice Awards: 2343767.1
Rio's Date Auction: 2343751.1

Hannie ♡

Attitude Passionate
State On stage
Mood 100
Health 85
Star Quality 100
Cash 5,557,101.60 M$
VIP Member
Game: Popmundo
Points: 3325
Days Active: 1906 days

Latest Blog Post

조금만 더

Ele estava em chamas. Sentia o calor consumi-lo devagar, o fogo espalhando-se por suas veias pouco a pouco e tomando-o por completo. A sensação quente apossou-se dele, fazendo morada em cada parte de seu corpo e deixando-o muito sensível a cada segundo seguinte. Sentia cada toque mais forte que o anterior, o ar lhe faltando constantemente.

O fulgor do momento preencheu-o de modo sobrenatural, ao ponto que ele não conseguia mais manter os olhos abertos sem que fosfenos piscassem para todos os lados. Perdeu-se nas sensações; os movimentos sendo demais para ele acompanhar. Tudo que conseguia perceber era o calor, que continuava tomando conta de si.

Era insano. Entorpecente. Incandescente.

Emaranhado no ardor que o dominava, perdeu qualquer linha de raciocínio que ainda tentava manter e focou-se em sentir as chamas que circulavam por seu corpo em ondas avassaladoras. O mar revolto dentro de si expandiu-se uma, duas, três vezes. Tomado pelo êxtase, percebeu que a tempestade invadiu-o com mais impetuosidade para enfim espalhar-se como lava por locais que nem imaginava serem possíveis.

Arfou, sua mente vagando por regiões que já não via há tempos. Ah, o subspace... Fazia um bom tempo que não visitava aquele lugar, já quase não se lembrava de como era. Era bom, muito bom.

Inerte, quase não sentiu um último toque quente tomando-o, mas dessa vez com carinho. Recobrou os sentidos aos poucos, ainda abatido pela intensidade do que sentira. Apesar do transe, sentiu-se completamente satisfeito e leve.

Realmente, nada se comparava à sensação de fazer amor. Nada jamais poderia ser comparado àquilo, sequer passava perto. Sorriu assim que sentiu-se mais desperto, atraindo o olhar do marido para si e puxando-o mais para si em busca de carinho. Muito além da sensação do ato em si, sentia-se sortudo por tê-lo ali.

Seu dia dos namorados estava completo, enfim.

Posted 4/11/2021, 5:00 AM

All characters in Popmundo are fictitious. Any similarity to any person living or dead is merely coincidental.

Prominent Clothes & Tattoos

Note: Tattoos might be covered by clothing.